solvit_solucoes_condominiais_botijao_de_gas_explode_em_mg

Explosão de botijão de gás coloca em risco condôminos em Minas Gerais

As causas da explosão que atingiu um prédio no Bairro Castelo, na Região da Pampulha, ainda são um mistério. O que se sabe é que um serviço de manutenção era realizado na garagem quando o incidente aconteceu. Moradores ficaram assustados. “Poderia ter explodido o prédio”, afirmou Simone Andrade, síndica do edifício. Um cilindro de gás atravessou a parede e voou por aproximadamente 100 metros.

A síndica ainda tenta entender o que pode ter provocado a explosão. “Ainda não sei o que aconteceu, pois cada um fala uma coisa. Tinha um pessoal fazendo manutenção na garagem no piso, pintura. Eu fiquei presa na parte de trás do prédio, então não sei o que aconteceu”, disse. “O botijão voou, atravessou a parede e foi parar na rua debaixo”, completou.

Imagens do prédio impressionam. Com a força da explosão, a fachada do condomínio ficou completamente chamuscada. Um muro que dá para a rua também foi danificado por um cilindro de gás, que atravessou a estrutura e abriu buraco.
 

Vítimas levadas para hospitais


O prédio está localizado na Rua Desembargador José Sátiro. Os militares do Corpo de Bombeiros fizeram o isolamento da área para evitar aproximação de pessoas, pois ainda tinha o risco de explosão dos outros cilindros de gás. “A princípio, o funcionário de 38 anos, sofreu queimaduras nas mãos e braços, e inalou um pouco de gás que vazou do cilindro. A guarnição do Corpo de Bombeiros realizou os primeiros atendimentos, e repassou a vítima aos cuidados da viatura do SAMU (USA 01), que encaminhou a vítima a UPA Pampulha”, afirmou a corporação.

Uma mulher, de 39 anos, também foi conduzida para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Pampulha. Não foi informado quais lesões ela sofreu.

Os bombeiros isolaram o prédio. Os moradores só poderão retornar para os apartamentos no final da tarde. A Polícia Civil também foi acionada para fazer uma perícia no imóvel.
 
Fonte: Estado de Minas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *