Viatura do Corpo de Bombeiros atropela pedestres durante ocorrência de incêndio em Campinas

Pelo menos seis pessoas feridas no atropelamento precisaram de atendimento médico, sendo duas em estado grave. Veículo também bateu em ambulância.

Uma viatura do Corpo de Bombeiros atropelou pedestres enquanto atendia uma ocorrência de incêndio em um condomínio de apartamentos no Jardim Márcia, em Campinas (SP), na tarde desta terça-feira (23). O veículo perdeu o freio, segundo a corporação, e moradores registraram o momento que o caminhão desce a via desgovernado.

O caminhão só parou após atingir uma ambulância. Pelo menos seis pessoas feridas foram socorridas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Pelo menos outras 11 sofreram escoriações.

(Atualização: A informação após o acidente era de que 17 pessoas ficaram feridas na ocorrência; depois, o Samu confirmou que seis delas precisaram de atendimento médico após o atropelamento. A informação foi atualizada às 20h10).

Entre os atropelados, Débora Ribeiro Rodrigues, de 33 anos, foi levada para o Hospital Estadual de Sumaré (SP) pelo helicóptero Águia, da Polícia Militar.

Segundo familiares, ela não sente o movimento das pernas e está sendo submetida a exames. Em nota, o hospital informa que ela permanece internada em estado estável.

Outras quatro vítimas também permanecem internadas e estão no Hospital de Clínicas (HC) da Unicamp, sendo duas mulheres em estado grave, e dois homens em estado estável.

Ainda por conta do caminhão desgovernado, um carro de morador foi atingido, e parte de uma mureta nos fundos do condomínio danificada. A viatura e a ambulância envolvidas no acidente deixaram o local no fim da tarde.

Vítimas no incêndio

O Corpo de Bombeiros foi acionado para combater o fogo que atingiu um apartamento. De acordo com testemunhas, um casal, uma jovem e uma criança estavam no apartamento, e todos os adultos ficaram feridos.

Ainda segundo vizinhos, que ajudaram no combate às chamas, o fogo teria iniciado na cozinha. A perícia esteve no local para apurar as causas do incêndio e do acidente – o motorista do caminhão foi ouvido.

FONTE: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *