solvit_solucoes_condominiais_garagem_alagada_mata_motorista

Chuva inunda garagem de condomínio e deixa um morto na zona norte (SP)

Uma pessoa morreu após inundação em subsolo de um prédio comercial na Rua Ezequiel Freire, 35, em Santana, zona norte da capital paulista. A água subiu até o teto e seis equipes do Corpo de Bombeiros foram ao local, incluindo bombeiro mergulhador. Segundo os bombeiros, a vítima, Jorge Garcia da Costa, de 62 anos, era motorista de aplicativo.

As chuvas que atingiram São Paulo nesta tarde de segunda-feira (23) causaram transtornos e alagamentos em várias regiões da cidade, mas a zona norte foi a mais afetada. Cidade ficou em estado de alerta até às 17h30.

Os bombeiros receberam, somente nesta segunda, 129 chamados relacionados a transtornos causados pela chuva na capital e região metropolitana: 106 eram relacionados a enchentes, 19 eram para avisar sobre quedas de árvores e 4 sobre desabamentos. Os bombeiros tiveram que socorrer pessoas que ficaram ilhadas em carros ou dentro das próprias casas.

As estações Santana e Tucuruvi do Metrô de São Paulo, ambas localizadas na zona norte da cidade, tiveram os acessos alagados.

De acordo com a última atualização do CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas da Prefeitura), feita às 17h22, toda a cidade de São Paulo está em estado de atenção. As subprefeituras de Santo Amaro e Jaçanã/Tremembé estão em estado de alerta.

Ao todo, são seis pontos de alagamento na capital, sendo cinco intransitáveis e um transitável. O tráfego de carros está interrompido por causa da água na avenida Edu Chaves, próxima a avenida Sanatórios, na avenida Raimundo Pereira de Magalhães, no bairro de Perus, e nas avenidas Cruzeiro do Sul, Ataliba Leonel e Zaki Narchi, na zona norte. 

Medidas simples podem amenizar os efeitos dos alagamentos:

– Evite transitar em ruas alagadas;

– Se a chuva causou inundações, não se aventure a enfrentar correntezas.

– Fique em lugar seguro. Se precisar, peça ajuda;

– Mantenha-se longe da rede elétrica e não pare debaixo de árvores. Abrigue-se em casas e prédios;

– Planeje suas viagens, para que haja menor possibilidade de enfrentar engarrafamentos causados por ruas bloqueadas.

Tendência para os próximos dias

Nesta terça-feira (24), véspera de Natal, a madrugada deve registrar chuviscos, mas as condições meteorológicas melhoram no decorrer do dia, que será marcado por sol entre nuvens. Não há previsão de chuva. As temperaturas não sobem muito: mínima de 17°C e máxima em torno dos 25°C.

O dia de Natal na capital paulista será ensolarado, com temperatura máxima chegando aos 28°C. Não deve chover.

Fonte: R7

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *