Condomínio para idosos de Foz está com inscrições abertas

A Cohapar abriu inscrições para idosos residentes em Foz do Iguaçu que desejam morar em um novo condomínio que está sendo construído pelo Governo do Estado na cidade. O empreendimento, com 40 imóveis, conta com completa infraestrutura de saúde e lazer, espaços de convivência, além de atendimentos periódicos feitos por profissionais municipais.  

Com um investimento de R$ 4,2 milhões no projeto, todas as unidades habitacionais do conjunto serão adaptadas com um dormitório, sala, banheiro, cozinha e varanda. Os espaços comuns incluem uma praça de convivência, biblioteca, sala de informática, academia ao ar livre, horta comunitária, salão de festas e atividades.

Segundo a chefe do escritório regional da Cohapar, Lucilei Marchiori, as obras seguem mesmo durante a pandemia. “Atualmente a obra encontra-se com mais de 61% do andamento concluído e nesse momento estão sendo feitas as coberturas das residências”, afirma.

 

COMO PARTICIPAR

 

Podem participar do processo pessoas sozinhas ou casais com idade superior a 60 anos, com renda mensal de um a seis salários mínimos e que não possuam imóvel em sua propriedade. As inscrições para o processo seletivo devem ser feitas exclusivamente pelo site www.cohapar.pr.gov.br/cadastro.

“O acesso e o preenchimento das informações são fáceis e simples, mas em caso de dúvidas ou dificuldade, os pretendentes podem buscar o plantão telefônico da Cohapar”, explica Lucilei. “Assim que passar o período de pandemia, a Cohapar deve retomar também o atendimento presencialmente em Foz do Iguaçu, feito quinzenalmente, para auxiliar no cadastro”, diz a chefe do escritório da companhia na região.

O telefone é o (45) 3333-1100 e o atendimento é prestado de segunda à sexta-feira, das 13h às 17h.

 

O PROGRAMA

 

O novo condomínio para idosos em construção na cidade faz parte do programa Viver Mais Paraná. As unidades são cedidas por tempo indefinido aos moradores com a cobrança de um aluguel social no valor de 15% de um salário mínimo ao mês, que equivale atualmente a R$ 156,75.

O Viver Mais Paraná recebe investimentos do Tesouro estadual, além de contrapartidas da prefeitura, que incluem a doação do terreno e realização de acompanhamentos periódicos aos moradores nas áreas de saúde e assistência social.

Além de Foz do Iguaçu, a região Oeste também será contemplada com a construção de outro conjunto em Cascavel, cujo projeto está em fase avançada.



Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br
Fonte: AEN.PR.GOV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *